O Que Pedro Disse Sobre o Grande Conflito

Portuguese, Brazil
(1 Pedro 2-4, 2 Pedro 1)
Year: 
2016
Quarter: 
1
Lesson Number: 
11
Introdução: Nesta semana, vamos olhar para algo que já estudamos várias vezes, que é a questão da graça e das obras. Do meu ponto de vista, não podemos ficar examinando demasiadamente este tema. Não que a graça seja complicada mas, sim, porque nossas vidas são complicadas, quando lidamos com a vida prática. As obras são importantes. Elas não só têm um enorme impacto na qualidade das nossas vidas mas, mais importante, elas são o ponto controverso para saber se nossas vidas glorificam a Deus. Vamos mergulhar em nosso estudo e ver que lições práticas podemos aprender!
 
I. Viva Livremente, Viva Adequadamente!
 
A. Leia 1 Pedro 2:1-3. É possível, para você, “livrar-se” da desonestidade, da hipocrisia, da inveja e da maledicência? Você pode “desejar” o puro leite espiritual? (Algumas dessas ações são, por exemplo, palavras que falamos e outras, são atitudes. Todas são difíceis de transformar, mesmo ao se afirmar que se está livre delas.)
 
1. O que Pedro quis dizer com “cresçam para a salvação”? (A grande notícia é que somos salvos pela graça. Manter nosso olhar sobre essas ações e atitudes indesejadas ocorrem depois de nossa salvação. Elas não oferecem salvação.)
 
2. Que pista é encontrada na declaração de Pedro - “agora que provaram que o Senhor é bom”- com respeito ao nosso proceder? (Não acho que focar sobre o pecado é a forma para curar o pecado. Quando Pedro disse que “provamos” as boas coisas que Deus nos dá, ele nos apontou a direção a seguir. Foque no que é bom e o mal tenderá a desaparecer. Estar ciente do que é pecaminoso ainda é importante e, como aprendemos recentemente, essa é a razão pela qual os Dez Mandamentos nos foram dados.)
 
B. Leia 1 Pedro 2:4-5. Na semana passada, discutimos a importância da igreja. O que Pedro disse sobre a importância de participar dos cultos, com outros crentes? (Somos “pedras vivas” na edificação de uma “casa espiritual”, onde entramos como sacerdócio santo, oferecendo sacrifícios espirituais.)
 
1. Além do trabalho em conjunto, isso parece muito vago. O que você acha que significa oferecer sacrifícios espirituais? (Acho que é viver em santidade, fazendo avançar o reino de Deus, nas coisas que você faz e diz.)
 
C. Leia 1 Pedro 2:6. Como a menção de sermos “pedras vivas” se relaciona à “preciosa pedra angular”? (Precisamos confiar em Jesus.)
 
1. Agora colocamos tudo isto junto. Como oferecer sacrifícios espirituais que aumentem nosso gosto pelo que é bom e diminuam por tudo o que é mau? (Confiando em Deus!)
 
D. Leia 1 Pedro 2:7-8. O que uma “pedra angular” faz? (Protege a parte mais elevada. Jesus não é apenas nosso alicerce (pedra angular). Ele é nossa pedra de revestimento (pedra fundamental). Estamos cercados pelo Seu cuidado.)
 
1. Que ponto Pedro quis realçar acerca da pedra de tropeço e da pedra angular? Podemos colocar nossa confiança em Jesus ou, podemos rejeitá-lO e Ele se tornará um problema que nos fará tropeçar e cair.)
 
2. O que quer dizer o mal está “destinado” à desobediência? Será que as pessoas não têm escolha, pois Deus escolheu por elas? (Não. Todos nós estamos destinados a desobedecer. Isto é o que torna o problema com o pecado tão difícil para todos nós. A chave para o problema com o pecado é a compreensão e a confiança de que somos salvos pela graça. É por isto que Jesus é o chão de pedra e o teto para nós e uma pedra de tropeço para os perdidos.)
 
E. Leia 1 Pedro 2:9-10. Qual é a nossa função? (“Anunciar as grandezas” do nosso Deus que mostrou-nos misericórdia, salvando-nos pela graça.)
 
II. Desejos
 
A. Leia 1 Pedro 2:11-12. Estive assinalando o aspecto da graça, proferida por Pedro. Ele falou sobre a importância de agir corretamente? (Ações corretas trazem glória a Deus e mostram que os ataques contra o cristianismo são falsos.)
 
1. O que Pedro acreditava ser importante para as boas obras? (“Abster-se dos desejos carnais”. Quando nos concentramos no pecado, ao contrário do bem, colocamo-nos no centro dos desejos carnais. Esses desejos nos levam a agir, pecaminosamente. Precisamos que o Espírito Santo nos ajude a controlar nossos desejos.)
 
B. Leia I Pedro 4:1. Qual foi a atitude de Jesus, no que se refere ao pecado e ao sofrimento? (Jesus sofreu muito para fazer-se pecado.)
 
1. Como podemos “fortalecer-nos” com a mesma atitude? (É preciso levar o pecado a sério, lembrar o sofrimento que ele causou a Jesus e perceber o sofrimento que ele pode trazer sobre nós.)
 
C. Leia 1 Pedro 4:2. Qual deve ser o objetivo de nossa vida? (Viver de acordo com a vontade de Deus.)
 
D. Leia 1 Pedro 4:3-6. Baseado em quê os pecadores serão julgados? (Nas suas próprias más ações.)
 
1. Qual é o motivo para que o evangelho seja pregado a eles? (Para que possam tomar a decisão de serem salvos pela graça. Para que possam viver com a direção do Espírito Santo.)
 
E. Leia 1 Pedro 4:7. Você já passou por essa experiência? Você teve dificuldade para orar quando estava afundado no pecado?
 
F. Leia 1 Pedro 4:8. Como o amor cobre os pecados? (Quando sabemos que alguém nos ama isso nos ajuda a não prestar atenção a muitas falhas dessa pessoa. Claro que, no panorama geral, trata-se do amor sacrificial Jesus que cobre nossos pecados!)
 
III. Confiança no Futuro
 
A. Leia 2 Pedro 1:16-18. Lembre-se que a questão fundamental na vida de um cristão é confiar em Deus. Se você acredita em Jesus, qual é o ponto mais desafiador, no que diz respeito a confiar em Deus? (Acreditar que Jesus desceu do Céu, viveu como homem, mas sem pecar, morreu por causa de nossos pecados, e ressuscitou para retornar ao Seu legítimo lugar, no Céu.)
 
1. Por que Pedro disse que devemos acreditar nisso? Por que devemos confiar nesse relato? (Porque Pedro disse que ele estava lá. Ele viu. Ele ouviu. Ele testemunhou o contato celestial.)
 
a. Testemunhas oculares, notoriamente, não são confiáveis. Por que devemos acreditar nessa? (Por uma coisa: não havia apenas uma testemunha. Eram muitas. Mas, quando você considera que os discípulos de Jesus desistiram de suas próprias trajetórias de vida, para compartilhar o evangelho com outras pessoas, uma obra que custou a vida de muitos deles, então, podemos confiar que eles estavam falando a verdade.)
 
B. Leia 2 Pedro 1:19. Que outra base nós temos para acreditar no relato da vida de Jesus? (Pedro disse que se você ler os profetas do Antigo Testamento, verá que eles predisseram que Jesus viria. Temos os testemunhos dos profetas da Bíblia.)
 
C. Leia 2 Pedro 1:20-21. Que outra base temos, para crer no relato sobre Jesus? (Pedro se referiu ao sobrenatural. Ele disse que os profetas foram inspirados por Deus. Acho que podemos entender, também, que isso afirma que os escritos de Pedro foram inspirados por Deus.)
 
1. Será que a função do Espírito Santo na sua vida comporta testemunhar o evangelho? (Se você já experimentou o poder e as bênçãos do Espírito Santo em sua vida, então você é, também,  uma outra testemunha!)
 
D. Leia 2 Pedro 3:3-4. Quando as pessoas irão argumentar que Jesus não vai retornar, porque Ele não voltou até agora? (“Nos últimos dias.”)
 
E. Leia 2 Pedro 3:5-7. Por que devemos acreditar que Jesus está voltando, novamente? (Por causa da História! Jesus criou o mundo. Jesus anunciou o julgamento do mundo na época da dilúvio. Como nosso Criador, Jesus tem um interesse contínuo em nós e trará o final permanente para o problema do pecado.)
 
F. Amigo, você confia em Deus? A questão gira em torno de todos os aspectos práticos de nossa vida. É fundamental para a graça - que confiemos em Deus, para nossa salvação e, não, em nossas próprias obras. É fundamental para o modo como vivemos que confiemos que o Espírito Santo guie nossos desejos e nossas ações? Vamos mudar a direção de nosso foco para aquilo que é bom, ao invés de focar em nossos próprios esforços para erradicar o pecado de nossas vidas? Você vai confiar que Jesus veio à Terra e andou pelo caminho que nós andamos? Você vai confiar que Ele vai voltar para acabar com o problema do pecado e nos levar para viver com Ele para sempre? Por que não pedir para o Espírito Santo, agora mesmo, ajudar você a confiar em Deus, em todas as coisas?
 
IV. Na próxima semana: “A Igreja Militante”
 
Tradução: Denise de Mesquita
 
**********************************
 
Direito de Cópia de 2016, por Bruce N. Cameron, J.D. Todas as referências das Escrituras são da Bíblia de Estudo na Nova Versão Internacional (NVI), editada em 2003 pela Editora Vida – São Paulo, a menos que indicado de outra forma. As citações da NVI são usadas com permissão. As respostas sugeridas encontram-se entre parênteses. As frases entre chaves { } foram acrescentadas pelo tradutor e não constam no original. Ore pela direção do Espírito Santo enquanto estuda.
 
Estes comentários referem-se às Lições da Escola Sabatina, publicadas em Português pela Casa Publicadora Brasileira, cujo original pode ser encontrado semanalmente em "http://www.cpb.com.br/htdocs/periodicos/les2016.html"
 

**********************************