Início do Ministério de Cristo

Portuguese, Brazil
(Mateus 3-4)
Year: 
2016
Quarter: 
2
Lesson Number: 
2
Introdução: Você gostaria de ouvir Jesus dizer que “não há ninguém maior” do que você? Você diria que não é possível? Nosso estudo, nesta semana, trata de alguém a quem essa verdade foi possível. Jesus, acerca de João Batista, disse que “dentre os que de mulher têm nascido, não apareceu alguém maior do que João, o Batista”. Vamos pular para dentro de nosso estudo, em Mateus, e ver que lições ele tem para nós, através de João Batista!
 
I. Arrependa-se
 
A. Leia Mateus 3:1-2. O que João quis dizer com “é chegado o Reino de Deus”? (Ele não poderia estar falando sobre o fim dos tempos, caso contrário, ele teria sido um falso profeta. Dado o contexto, ele falava sobre a chegada do céu à terra, na forma de Jesus.)
 
1. Posso entender o “arrependimento”, no contexto do final dos tempos e dos justos indo para o céu mas, como dar sentido a essa declaração, enquadrando-a no fato de Jesus vir à terra?
 
B. Leia Mateus 3:3 e Isaías 40:3-4. Quantas pessoas foram referidas em Mateus 3:3 (sem incluir Isaías)? (João Batista, a “voz que clama”; Jesus, “o Senhor” e, seus ouvintes, aqueles que fazem as veredas retas.)
 
1. Que luz foi esta que esclareceu o chamado ao arrependimento, porque Jesus estava vindo? (A melhor maneira de se preparar para Jesus é determinar o momento da mudança. A decisão de fazer algo diferente facilita a entrada da mensagem de Jesus no seu coração (fazer veredas retas e uniformes)).
 
C. Leia Mateus 3:4. Casacos de pele de camelo são cobiçados, hoje. A mensagem é que João era um cara bem vestido, que se alimentava com uma dieta orgânica? (Leia 2 Reis 1:8 e Zacarias 13:4. Esses textos nos revelam que João se vestia com o traje tradicional dos profetas. Mais uma vez, vemos Mateus acrescentando a autenticidade de Jesus, através do testemunho de João.)
 
D. Leia Mateus 3:5-8. Por que João não chamou os líderes religiosos para serem batizados mas, ao invés disso, pediu-lhes para “dar frutos que mostre o arrependimento”? (Isso fica coerente com a idéia que discutimos anteriormente, de que a vinda de Jesus envolve a sua decisão pessoal de que é necessário mudar. João chamou-os de “víboras”, advertindo da ira que estava por vir e disse que eles precisavam mudar.)
 
E. Leia Mateus 3:9-10. O que Deus espera de nós? (Ele não está satisfeito com nossas filiações religiosas. Ele quer que sejamos cristãos produtivos. Aqueles líderes religiosos não podiam basear-se no seu vínculo com Abraão. Eles deviam entender que era necessário mudar.)
 
1. Será que a referência a dar frutos significa que as obras são essenciais para a salvação? (Vamos discutir isto a seguir.) 
 
II. O Batismo
 
A. Releia Mateus 3:6 e leia Mateus 3:11. Note que a confissão dos pecados e o batismo caminham juntos. Por que isso?
 
B. Leia Colossenses 2:11-12. Qual é o equivalente cristão da circuncisão? (O batismo)
 
C. Leia Colossenses 2:13-15. Quando João falou de arrependimento e batismo, qual era o objetivo? Perguntei, anteriormente, “por que confissão e batismo caminham juntos”? (Porque eles são a nova circuncisão, a sua aceitação da graça e a participação que você tem, com Jesus, na sua morte e ressurreição!)
 
D. Você já ouviu falar de produtos que estão “prontos” para o próximo nível de tecnologia: usando exemplos antigos, o “cabo USB” ou a “banda-larga”? Quando João disse que estava batizando para tornar mais fácil o caminho para Jesus, acho que ele estava falando sobre deixar as pessoas prontas para a graça. O que você acha?
 
E. Você já ouviu dizer que um cristão, para ser salvo, deve ter certeza que cada pecado seja confessado? Você acha que a salvação fica ligada à identificação de cada pecado e à confissão do mesmo? Isso lhe parece algum tipo de obra – obra que faz com que seja importante ter uma boa memória?
 
1. A sensibilidade para o Espírito Santo tornaria desnecessário ter boa memória?
 
F. Veja, novamente, o que João disse para os líderes religiosos, aos quais ele havia chamado de “víboras”. Releia Mateus 3:7-10. João apelou para que aquele que estivesse sendo mau, “dar fruto que mostre arrependimento”. Esse apelo pareceu chamar a atenção para as obras, mas, dado ao que acabamos de estudar, o que parece ser, agora? (Soa como agir, reconhecendo a necessidade de mudança e a vontade de aceitar a graça. É como alguém que está suscetível a entender que o batismo é a forma pela qual morremos para nossos pecados e ressuscitamos para uma nova vida.)
 
G. Vamos voltar e reler Colossenses 2:11. O que significa despojar-se da natureza pecaminosa? (A circuncisão removia um pouco de pele. Assim, ela era o simbolismo do despojar da natureza pecaminosa. Aceitar a graça deve resultar em uma natureza transformada. Para melhor entender isso, leia Colossenses 3.)
 
H. Leia Mateus 3:13-15. João tinha certeza de que era Jesus quem deveria batizá-lo e, não, o contrário?
 
1. Se foi assim, por que Jesus quis que João O batizasse? Especificamente, o que Jesus quis dizer com “convém que assim façamos, para cumprir toda a justiça”? (Aquilo foi uma ponte entre o serviço do santuário, no qual o sacrifício de um animal para remissão dos pecados apontava para Jesus, e o novo sistema de remissão de pecados, através do batismo. No sistema do santuário um animal representava Jesus. No sistema da graça, Jesus nos representa. Lembre-se que Colossenses 2:11-12 nos diz que morremos e ressuscitamos “com Ele” quando somos batizados? Dessa forma, as palavras de Jesus, sobre fazer o que “convém … para cumprir toda a justiça” faz sentido.)
 
I. Leia Mateus 3:16-17. Por que você acha que Mateus incluiu esse evento em sua história? (Toda a divindade estava presente: Jesus, o Espírito Santo e Deus, o Pai. Você tem alguma dúvida sobre a divindade de Jesus? Tanto Deus, o Pai, quanto o Espírito Santo aprovaram a Ele e o que Ele estava fazendo!)
 
III. A Tentação
 
A. Veja, rapidamente, Mateus 4:1-7, leia Mateus 4:3 e Mateus 4:6. Em que ponto, satanás desafiou Jesus? (O desafio de satanás foi duvidar que Jesus era “Filho de Deus”.)
 
B. Releia Mateus 3:17. O que isso nos ensina sobre nosso Deus e nossas tentações? (Deus, o Pai, fortaleceu Jesus, especificamente, no mesmo ponto em que satanás atacou.)
 
1. Se você estiver disposto, você acha que Deus fará menos por você?
 
C. Leia Mateus 4:8-10. Por que satanás não tentou Jesus a roubar, a amaldiçoar, a difamar ou a cobiçar? (Porque essas questões não são o ponto central, na vida de um cristão. A questão central é se você confia em Deus. A história do povo judeu mostra que eles confiaram em ídolos ou em outras nações e, não, em Deus. A centralidade dessa questão não mudou nos dias de hoje.)
 
IV. O Ministério
 
A. Leia Mateus 4:12 e Mateus 4:17. Jesus assumiu o controle da mensagem de João Batista. Por que Deus permitiu que a mensagem de João fosse interrompida? João não tinha mais obras produtivas a fazer? (Esse é o ponto que acabamos de discutir. A questão central em nossas vidas é se iremos confiar em Deus.)
 
B. Leia Mateus 4:18-22. Em vez de escolher novos discípulos, por que não salvar João – uma vez que não existia ninguém melhor do que ele e ele era um pregador experiente? (A lógica nos diz que João deveria ter sido usado. Mas, a vida de fé diz para aceitarmos as decisões de Deus em nossas vidas.)
 
1. Note que Jesus chamou pessoas específicas. O que isto quer dizer para você?
 
C. Leia Mateus 4:23-25. Como você pode imitar o método de evangelismo de Jesus? Ou, isso não é possível? (Releia Mateus 3:5. João Batista não precisou realizar milagres para atrair as pessoas até ele. Precisamos pedir que o Espírito Santo nos mostre o que devemos fazer para trazer as pessoas para dentro de nossas vidas, com a finalidade de compartilhar a mensagem.)
 
1. Por que João não realizou milagres? (Uma vez mais, isso tem a ver com a soberania de Deus. Precisamos ser gratos pelas oportunidades que nos são dadas, para fazermos avançar o evangelho. Nem todos agem da mesma maneira para fazer avançar o evangelho.)
 
D. Você precisa de mudanças em sua vida, amigo? Você está disposto a confiar em Deus, para que Ele administre sua vida? Por que não se arrepender, agora mesmo, e abrir seu coração para as mudanças que Deus quer fazer em sua vida?
 
V. Na próxima semana: “O Sermão do Monte”
 
Tradução: Denise de Mesquita
 
**********************************

 
Direito de Cópia de 2016, por Bruce N. Cameron, J.D. Todas as referências das Escrituras são da Bíblia de Estudo na Nova Versão Internacional (NVI), editada em 2003 pela Editora Vida – São Paulo, a menos que indicado de outra forma. As citações da NVI são usadas com permissão. As respostas sugeridas encontram-se entre parênteses. As frases entre chaves { } foram acrescentadas pelo tradutor e não constam no original. Ore pela direção do Espírito Santo enquanto estuda.
 
Se você costuma receber esses comentários por e-mail mas, em alguma semana, houve  falha ou extravio do recebimento, você poderá encontrá-los clicando neste link: 

 
Estes comentários referem-se às Lições da Escola Sabatina, publicadas em Português pela Casa Publicadora Brasileira, cujo original pode ser encontrado semanalmente em "http://www.cpb.com.br/htdocs/periodicos/les2016.html

 

**********************************